quinta-feira, 29 de julho de 2021

Vaga para Técnico de Monitoria e Avaliação

 

Vaga para Técnico de Monitoria e Avaliação

Descrição da Vaga

O Secretariado Executivo do Conselho Nacional de Combate ao SIDA (SE-CNCS) no âmbito do desenvolvimento de actividades da Resposta Nacional ao HIV e SIDA pretende recrutar um (1) Técnico de Monitoria e Avaliação para Maputo.

Objectivo Geral:

  • O técnico de M&A, em coordenação com os vários intervenientes da resposta ao HIV e SIDA, deve desenvolver e implementar um plano de M&A da ENP, para garantir que o progresso da implementação de acções de resposta seja monitorado e que os parceiros tenham informações sólidas sobre as quais vão basear suas intervenções em conformidade com a ENP;
  • Uma tarefa fundamental do técnico de M&A é desenvolver parcerias com sector público, organizações não-governamentais (ONG) e o sector privado e gerir, outros actores, para maximizar as oportunidades de colecta e análise de dados. O oficial de monitoria e avaliação reporta ao Técnico de Gestão do Preservativo.

Principais funções e responsabilidades:

  • Actualizar e operacionalizar o plano de monitoria e avaliação (M&A);
  • Desenvolver um quadro abrangente e integrado de M&A que apoia tanto à uma teoria da mudança, como à ENP. O quadro de M&A a ser desenvolvido rastreia dados de forma eficiente e regular, numa base contínua e inclui elementos como:
  • Uso do preservativo (por cada uma das populações prioritárias);
  • Dados de acessibilidade e disponibilidade do preservativo, incluindo o sector público e privado/marketing social (MS);
  • Factores comportamentais que impactam no uso do preservativo (tais como a percepção ou conhecimento de risco) para as populações prioritárias;
  • Abordagem total do mercado (ATM)/ Indicadores de mercado (quantidades distribuídas por cada um dos sectores, etc.);
  • Instituir um sistema padronizado simples e eficiente de M&A;
  • Supervisionar a elaboração e implementação de um sistema nacional de M&A (SNM&A) do preservativo a todos níveis;
  • Garantir que a M&A colecte e partilhe dados e análises relevantes para informar os programas e medir o progresso da implementação das acções relativas ao preservativo;
  • Desenvolver e alinhar indicadores que medem o progresso dos objectivos da ENP;
  • Apoiar a realização de análises do mercado necessárias para estratégias de ATM;
  • Assegurar a elaboração de relatórios de progresso da resposta pelo Secretariado Executivo do CNCS, incluindo parceiros da sociedade civil, sector público e sector privado/marketing social;
  • Apoiar as instituições governamentais e outros parceiros do sector privado e sociedade civil no desenvolvimento de sistemas de M&A compatíveis com o SNM&A;
  • Garantir que os Conselhos Provinciais de Combate ao SIDA (CPCS) e outros implementadores do Governo, sector privado e sociedade civil usem os instrumentos padronizados de M&A;
  • Colectar e disseminar regularmente informação proveniente da implementação da ATM para monitorar as tendências de mercado, incluindo quantidades distribuídas por sector, preços e a sua dependência às bonificações (marketing social);
  • Interpretar e partilhar evidências provenientes de pesquisas e trabalhos de campo para apoiar na formulação de políticas e no apoio para gestão de pedidos de financiamento de pesquisas;
  • Garantir que o programa do preservativo seja trimestralmente avaliado com processos e componentes priorizados, com base no desempenho em relação ao quadro de M&A;
  • Assegurar que as ONG, empresas de marketing social, sectores público e comercial, geram e partilham dados relevantes do mercado com o grupo técnico do preservativo (GTP)/ou outro equivalente;
  • Conduzir um processo de análise de dados de mercado existentes para que o GTP possa melhor informar a tomada de decisões numa base regular;
  • Certificar que os dados prioritários são colhidos e que a maioria das necessidades de informação são respondidas e, caso não sejam, as lacunas são percebidas;
  • Participar no desenvolvimento e implementação do sistema de informação de saúde comunitária;
  • Trabalhar em estreita colaboração com os parceiros para garantir que todos os sectores que participam no GTP usem activamente os dados para informar a tomada de decisão.

Requisitos:

  • Licenciatura em epidemiologia, saúde pública, gestão ou ciências sociais com uma forte orientação para análises qualitativas e quantitativas;
  • Mínimo 5 anos de experiência em monitoria e avaliação em programas de HIV e SIDA;
  • Conhecimentos de estatística e/ou demografia constitui uma vantagem;
  • Conhecimento de informática na óptica de utilizador (com ênfase no desenvolvimento e gestão de bancos de dados) e ser capaz de comunicar por e-mail e plataformas digitais;
  • Domínio da língua portuguesa e conhecimento da língua inglesa para trabalho;
  • Experiência comprovada em análise qualitativa e quantitativa de dados;
  • Capacidade de análise e com orientação para o detalhe.

Como se candidatar?

As candidaturas deveram ser submetidas no endereço: Conselho Nacional de Combate ao SIDA na AV. 25 de Setembro, Prédio 1008, 8º andar, Baixa da cidade de Maputo, das 9:00 as 14:00.

DATA LIMITE DE CANDIDATURA: 11 de Agosto de 2021

Marcadores: ,