Descubra que erros você comete para ser eliminado no início da seleção

Descubra que erros você comete para ser eliminado no início da seleção

Veja o que você pode fazer para se destacar nas primeiras etapas da seleção 

Se você já se candidatou a diversas vagas, mas nunca foi chamado para entrevista, este é o momento de rever alguns passos e corrigir possíveis erros que podem estar atrapalhando seu desempenho nas etapas iniciais da seleção. Confira as recomendações de Patricia Beltran, RH da VAGAS.com.

Por que nunca fui chamado para entrevista?

1. Porque seu currículo diz pouco sobre você

Essa é uma das principais razões que fazem tantos candidatos não passarem pela primeira etapa do processo seletivo, que é a triagem de currículos. A recomendação é não fazer um currículo resumido demais, que apenas cita nome da empresa e cargo que você ocupou. 

Por exemplo, se você for um analista de contas a pagar e a receber, não diga apenas que sabe preencher planilhas, mas que tem experiência em acompanhamento de budget e contas do banco etc.

2. Você se candidatou a vagas que não têm a ver com seu perfil

Mesmo que você esteja aceitando qualquer emprego, a triagem de currículo só vai considerar a sua candidatura se você tiver o perfil da vaga. Se sua formação é em TI e seu objetivo é ser “analista de sistemas”, não adianta se candidatar a auxiliar administrativo porque o seu currículo não indica que você tenha o perfil adequado para essa vaga – ainda que você possa ser qualificado para ela. 

3. Porque você não atende todos os requisitos da vaga

Quando um recrutador faz a triagem dos currículos, ele coloca na busca todos os requisitos descritos no anúncio da vaga. Por isso, quando você se candidata a uma vaga e preenche apenas nove dos dez requisitos, há uma boa chance de você ser desclassificado exatamente pelo requisito que está faltando. Resultado: você não será chamado para a entrevista. 

A recomendação é prestar muita atenção às exigências do anúncio. Se ele disser que inglês será um “diferencial” e você não tiver inglês, tudo bem. Agora, se para preencher a vaga for imprescindível ter experiência em logística e você não tiver, tente se concentrar em outra oportunidade. 

4. Porque você foi mal no teste online

Muitas vagas exigem que os candidatos façam um teste de português ou raciocínio lógico, por exemplo. Nesses processos, existe uma nota mínima de corte. Se você não atingir essa nota, é possível que seja eliminado automaticamente do processo, antes de ser chamado para entrevista.

Como fazer seu currículo ser selecionado

A análise de currículo é a primeira etapa do processo seletivo. Se você cuidar bem dele pode aumentar a suas chances de ser aprovado para as etapas seguinte até ser chamado para entrevista. Confira o que fazer. 

Veja algumas decas Aqui: Dicas de entrevista de emprego

1. Atualize seu currículo 

Manter o currículo atualizado pelo menos a cada seis meses é muito importante para não perder as melhores oportunidades do mercado e também para não esquecer informações importantes que podem definir se você passa – ou não – para a próxima etapa da seleção. 

2. Observe o que as vagas estão pedindo 

Preste atenção nas palavras usadas nos anúncios das vagas a que você quer se candidatar. Se eles usam “experiência em PowerPoint”, escreva o termo da mesma forma no seu currículo – e não “experiência em PPT”, por exemplo. Os dois podem ter o mesmo significado, mas provavelmente o recrutador vá utilizar o mesmo termo do anúncio para fazer a triagem do currículo. Se o seu currículo utilizar um termo diferente, é possível que ele não seja selecionado. Para saber mais sobre a utilização de termos no currículo.

3. Candidate-se às vagas que tem a ver com seu perfil

Para que você seja chamado para entrevista, é preciso primeiramente que o seu currículo atenda aos requisitos da vaga, inclusive no campo “objetivo profissional”, que deve ser semelhante ao título do anúncio da vaga. Caso contrário, a maior chance é de você ser desclassificado do processo logo nas primeiras etapas da seleção. 

4. Cuidado com termos técnicos demais

Se a sua área usa uma linguagem específica tome o cuidado de não rechear o currículo com termos muito técnicos que nem o RH costuma entender. Normalmente a seleção é feita pela área de recursos humanos ou por uma consultoria especializada em recrutamento. Se os termos que você utiliza forem técnicos demais – ou abreviados demais – eles podem, por engano, desclassificar o seu currículo. Aqui, novamente, a dica é prestar atenção nas palavras utilizadas no anúncio, como explicamos no item 2.

5. Sempre seja verdadeiro no currículo

Ainda que você esteja ansioso para ser chamado para entrevista, não vale a pena mentir ou exagerar no currículo para fazer isso acontecer. Em algum momento sua mentira será esclarecida e você corre o risco de passar vergonha na entrevista ou até de ser demitido da empresa por justa causa se já tiver sido contratado. 

Seja verdadeiro e boa sorte na sua busca!

Salário mínimo em Moçambique 2019 – 2020: confira os valores