domingo, 25 de julho de 2021

Vaga para Oficial De Monitoria E Avaliação

 

Vaga para Oficial De Monitoria E Avaliação

A Associação Progresso pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Oficial de Monitoria e Avaliação.

Contexto

A Associação Progresso é uma Organização Não-Governamental de membros (ONG), que foi criada formalmente em 1992. O objectivo da Associação é proporcionar aos membros uma plataforma a partir da qual eles possam envolver-se directamente na promoção de mudanças nas comunidades de base, em particular crianças, mulheres e jovens, desempenhando um papel activo no desenvolvimento das comunidades locais. A Progresso implementa programas de desenvolvimento comunitário nos sectores de educação, saúde e educação para a cidadania, prioritariamente nas províncias de Cabo Delgado e Niassa, mas também noutras províncias conforme as necessidades dos projectos de financiamento. Os programas sectoriais encontram seu enquadramento estratégico no Programa de Desenvolvimento 2021-2024. A Associação Progresso, em colaboração com Fundação para o Desenvolvimento da Comunidade (FDC), e a DPS Pemba estão a implementar desde Janeiro de 2021 o projecto VIVA+  cujo foco é a Prevenção de HIV e TB em raparigas (10-14, 15-19 e 20-24 anos).

Tarefas

  • Garantir a existência de ferramentas para a recolha de dados nos Supervisor e activistas (interagir com os supervisores para verificar se as fichas foram disponibilizadas atempadamente e se correspondem os modelos actuais);
  • Realizar o treinamento do pessoal (activistas, supervisores) no processo de colecta, agregação de dados e reporting nos modelos providenciados pelo projecto;
  • Realizar visitas de supervisão para a verificação do nível de uso das ferramentas de entrada de dados, a qualidade do seu preenchimento e a fiabilidade dos beneficiários alcançados;
  • Garantir a existência de planos de actividades dos activistas, supervisores (onde têm grupos ou beneficiários e a que horas têm as sessões com os mesmos);
  • Garantir o cumprimento das metas com base na Matriz de Desempenho de cada supervisor;
  • Garantir a qualidade de dados desde as fichas primárias até ao relatório de cada supervisor e do distrito;
  • Realizar a validação de dados mensais de cada supervisor/activista antes do envio a FDC-Norte e providenciar a retroalimentação aos mesmos;
  • Informar à equipa de M&A da FDC-NORTE com a devida antecedência sobre possíveis e prováveis problemas com os dados que não estejam na competência e capacidade do Oficial provincial de M&A solucionar;
  • Recolher boas práticas no processo de mobilização de pessoas para participação das sessões;
  • Mapear e classificar todas as potenciais histórias de sucesso para providenciar ao Oficial de Programas para a recolha e documentação;
  • Garantir a existência de arquivos de dados muito bem organizados nas unidades sanitárias de referência (incluindo as fichas de referência e contra-referência);
  • Elaborar o relatório mensal da província juntamente com o Oficial de Programas;
  • Notificar ao Oficial de Programa do SR Província em relação a quaisquer problemas de qualidade de realização de sessões identificado na visita do Oficial. M&A, para a intervenção deste;
  • Em coordenação com o Oficial de Finanças e Oficial de Programas, fazer regularmente a prova de vida dos activistas (verificar se o activista é o previamente contratado).

Requisitos

  • Ter o grau de Licenciatura nas áreas de Ciências Sociais, Estatística, Geografia Populacional e outras relevantes ou biomédicas com orientação para a Bioestatística;
  • Ter experiência de pelo menos dois (2) anos de gestão de M&A a nível provincial nas áreas de prevenção de HIV ou TB, com enfoque para raparigas na comunidade constitui uma vantagem;
  • Ter experiência no desenho e implementação de pacotes de M&A para área de saúde, com enfoque para o nível comunitário;
  • Ter trabalhado em organizações não-governamentais a nível comunitário, na área de saúde, nas províncias ou região da implementação das actividades;
  • Estar baseado ou já ter trabalhado na província ou região de implementação das actividades;
  • Ter gerido uma base de dados electrónica (M-Health) constitui uma vantagem;
  • Ter algum domínio de uma das línguas locais da província constitui vantagem.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.

Nota: Os nativos da província de Cabo Delgado e particularmente as mulheres são encorajados a se candidatar. Por favor, note que apenas os candidatos seleccionados serão contactados.

Processo de Candidatura

Email: rht27.progresso@gmail.com

Validade: 27/07/2021

Local: Pemba – Cabo Delgado

Níveis: Licenciatura

Regime: Tempo Inteiro

Marcadores:

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial