Vagas Para (26) Homem Campeão

 

Vagas Para (26) Homem Campeão

A FUNDAÇÃO ARIEL GLASER CONTRA O SIDA PEDIÁTRICO (ARIEL), uma ONG Nacional que trabalha em parceria com as Direcções Provinciais de Saúde, Serviços Distritais de Saúde da Mulher e Acção Social (SDSMAS) e Hospitais Rurais (HR) nas Províncias de Maputo e Cabo Delgado. Apoia a implementação, acesso e expansão dos Serviços Clínicos de HIV integrados e de qualidade, especificamente o Programa de Saúde Materno Infantil (SMI) /Prevenção de Transmissão Vertical (PTV), Cuidados e tratamento Anti – retroviral (TARV) para Crianças e Adultos e apoio psicossocial através de uma abordagem de Fortalecimento do Sistema Nacional de Saúde.

I.PROVINCIA DE CABO DELGADO

HOMEM CAMPEÃO: Pemba (8), Ancuabe (2), Chiure (3), Montepuez (4), Balama (3), Metuge (2), Mecifi (2), Namuno (2)

O Homem Campeão é responsável por estabelecer uma plataforma que melhore o uso dos serviços de HIV, através da criação de um mecanismo de ligação entre os serviços de prevenção, cuidados, apoio e tratamentos, oferecidos na US, serviços comunitários com finalidade de garantir a retenção dos homens em cuidados e tratamento.

Responsabilidade

• Receber os pacientes na recepção geral e encaminha-los aos serviços apropriados; ATS, PTV, TB, Etc.
• Presença em cada serviço dentro da US, para apoiar no aconselhamento e encaminhamento dos pacientes do sexo masculino: UATS, SMI, Cuidados e tratamento, TB-HIV, com prioridade dada aos grupos alvos, isto é, homens que vem a US com (Crianças, gestantes, pacientes TB).
• Apoio na organização dos cartões de pacientes, segundo a ordem de chegada e segundo o serviço necessário de modo a diminuir o tempo de espera dos utentes na recepção. Priorizar pacientes em estado grave, mulher grávida, crianças, idosos, etc.
• Esclarecer e orientar o paciente em caso de dúvidas
• Fazer parte de grupo multidisciplinar em cada unidade sanitária para o apoio na adesão e busca activa dos utentes, principalmente do sexo masculino.
• Durante as palestras ou encontros pessoais, incentivar e apoiar a criação de redes de Apoio Social aos utentes do sexo masculino.
• Potenciar e difundir junto aos outros atores comunitários OCBs as experiências bem-sucedidas na área da adesão;
• Aconselhar aos homens para realizar actividades de prevenção (uso de preservativo, aderir a circuncisão masculina e outras) oficinas de sexo seguro;
• Colaborar na divulgação de mensagens sobre prevenção positiva, aos homens;
• Receber a lista dos homens seguidos na (CPN, CCR, Consulta de TB e Farmácia) ou do ponto focal da US e fazer buscas aos pacientes faltosos ou abandonos
• Apoiar os sistemas de referência e contra referência
• Conhecer os instrumentos de referência
• Acolher os homens referidos
• Conhecer os diferentes actores na comunidade
• Colaborar com ponto focal comunitário na US
• Referir para o seguimento dos homens a nível da comunidade
• Participar nos encontros periódicos de balanço, organizados pelo Comité de cogestão ao nível da US;
• Identificar e informar os motivos da fraca ligação entre os homens e Unidade Sanitária.
• Interagir com todas OCBs da sua área de trabalho no sentido de manter a boa comunicação entre ambos.
• Fazer visitas preventivas aos homens em cuidados/TB com critérios para tal.

Requisitos

• Capacidade de poder estar presente na Unidade Sanitária de referência durante os dias úteis da semana;
• Saber ler, escrever, falar português e a língua localPreferênciais
• Residir na comunidade onde vai trabalhar, com pelo menos 5 Km de raio em relação à sua zona de influência;
• Ser paciente inscrito em cuidados e tratamento, com boa adesão ou que tenha sido afectado pela doença e com vontade de trabalhar;
Outroselementos complementares
• Estar filiado a uma organização comunitária: Comité de saúde, congregações religiosas, associações de PVHIV, GAAC e outros grupos comunitários ou ser reconhecido na sua comunidade;
• Ter motivação para educar, apoiar, partilhar experiência cuidar dos outros homens;
• Ter qualidades tais como: compaixão, confidencialidade, respeito e desejo de contribuir na comunidade;

Como se candidatar

N.B. Se reúne os requisitos já enumerados e tem experiência comprovada, envie os seguintes documentos:


Carta de Motivação, B.I autenticado, Certificado de Habilitações Literárias autenticado, CV detalhado em formato word e em Português. Os interessados devem submeter as candidaturas aos Serviços Distritais de Saúde, Mulher e Acção Social (SDSMAS) correspondentes aos distritos na qual se candidatam, ou devem ser entregues nos escritórios da Sede sito na Av. Agostinho Neto, Nº 620, na Matola sito na Rua da Missão nº 315 e em Pemba na Rua da Base Moçambique, nº 640, até o dia 11 de Março 2021

N.B. Só serão contactados os candidatos selecionados a entrevistas

Postagem Anterior Próxima Postagem